Seu carrinho de compras

Seu carrinho está vazio.

Bem vindo Visitante clique aqui para fazer Login.

Picada Café integra a Rota Romântica e situa-se na encosta sul do Planalto Meridional, ao longo de um vale profundo pelo qual corre sinuoso o rio Cadeia, alimentado por inúmeros arroios e riachos. A paisagem é de montanhas com suas encostas cobertas de Mata Atlântica – grande parte, mata recuperada nos últimos cinqüenta anos – com uma flora variada na qual encontramos desde orquídeas e bromélias, até araucárias, caneleiras e ipês. A topografia acidentada e a riqueza hidrográfica fazem a região rica em cascatas e cachoeiras, de águas não-poluídas e balneáveis.


Distante noventa quilômetros de Porto Alegre, e quarenta e cinco de Caxias do Sul e Gramado, há quase cem anos Picada Café é identificada pelo moinho com roda de ferro, na curva antes de iniciar a subida para Nova Petrópolis. Atualmente, esse sítio integra o Parque Histórico Municipal Jorge Kuhn que, além do moinho, preserva o conjunto da antiga venda, açougue, matadouro e residência da Família Kuhn, complexo histórico integrado à área verde do Parque.


A região foi, originalmente, ocupada por colonos alemães que aí chegaram a partir de 1844, dando origem a inúmeros povoados – Joaneta, Jammerthal, Picada Holanda, Kaffeeck, Picada Café, Quatro Cantos e Lichtenthal – que hoje integram o município. Administrativamente, pertenceu a São Leopoldo; depois a São Sebastião do Caí e Nova Petrópolis. Emancipou-se, deste último, em 1992, com uma área de 83,80 Km².


Historicamente, a atividade econômica tem sido a agropastoril: culturas de milho, feijão, aipim, batatas, cana-de-açúcar, frutas, verduras e a criação de gado leiteiro, suíno e de aves. Quase sempre esses produtos foram beneficiados na própria região, daí a quantidade de velhos moinhos de grãos ao longo dos arroios, das fábricas de queijo e de embutidos, algumas delas modernizadas e ainda hoje em atividade. A introdução de indústrias, em especial do setor coureiro-calçadista, bem como as malharias e movelarias, vêm mudando o perfil sócio-econômico do município.


Picada Café tem uma população de 4.824 habitantes e uma expectativa de vida superior a 73 anos. Possui três escolas municipais de ensino fundamental e uma escola estadual de ensino fundamental e médio; duas escolas de educação infantil; um pólo universitário do Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB; uma biblioteca municipal. Há cinco igrejas católicas e uma evangélica luterana – pertencente a IECLB – todas elas, somadas ao Parque e a inúmeras casas enxaimel, constituem o patrimônio histórico do município.